31 de março de 2009

SOBRE O QUERER.

O QUE MAIS VOCÊ QUER?
Por Martha Medeiros

Era uma festa familiar, destas que reúnem tios, primos, avós e alguns agregados ocasionais que ninguém conhece direito, e que por isso mesmo são aqueles com quem a gente logo se entende. Jogada no sofá, uma prima não estava lá muito sociável, a cara era de enterro. Quieta, olhava para aparede como se ali fosse encontrar a resposta para a pergunta que certamente martelava em sua cabeça: o que estou fazendo aqui?

De soslaio, flagrei a mãe dela também observando a cena, inconsolável, ao mesmo tempo em que comentava com uma tia: "Olha pra essa menina. Sempre com esta cara. Nunca está feliz. Tem emprego, marido, filhos. O que ela pode querer mais?"

Nada é tão comum quanto resumirmos a vida de outra pessoa e achar que ela não pode querer mais. Fulana é linda, jovem e tem um corpaço, o que mais ela quer? Sicrana ganha rios de dinheiro, é valorizada no trabalho e vive viajando, o que é que lhe falta?

É quase um pecado confessar: sim, quero mais. Quero não ter nenhuma condescendência com o tédio, não ser forçada a aceitá-lo na minha rotina como um inquilino inevitável. A cada manhã, exijo ao menos a expectativa de uma surpresa, quer ela aconteça ou não. Expectativa, por si só, já é um entusiasmo.

Quero que o fato de ter uma vida prática e sensata não me roube o direito ao devaneio. Que eu nunca aceite a idéia de que a maturidade exige um certo conformismo. Que eu não tenha medo nem vergonha de ainda desejar.

Quero uma primeira vez outra vez. Um primeiro beijo em alguém que ainda não conheço, uma primeira caminhada por uma nova cidade, uma primeira estréia em algo que nunca fiz, quero seguir desfazendo as virgindades que ainda carrego, quero ter sensações inéditas até o fim dos meus dias.

Quero ventilação, não morrer um pouquinho a cada dia sufocada em obrigações e em exigências de ser a melhor mãe do mundo, a melhor esposa do mundo, a melhor qualquer coisa. Gostaria de me reconciliar com meus defeitos e fraquezas, arejar minha biografia, deixar que vazem algumas idéias minhas que não são muito abençoáveis.

Queria não me sentir tão responsável sobre o que acontece ao meu redor. Compreender e aceitar que não tenho controle nenhum sobre as emoções dos outros, sobre suas escolhas, sobre as coisas que dão errado e também sobre as que dão certo. Me permitir ser um pouco insignificante.

E na minha insignificância, poder acordar um dia mais tarde sem dar explicação, conversar com estranhos, me divertir fazendo coisas que nunca imaginei, deixar de ser tão misteriosa pra mim mesma, me conectar com as minhas outras possibilidades de existir. O que eu quero mais? Me escutar e obedecer o meu lado mais transgressor, menos comportadinho, menos refém de reuniões familiares, maridos e filhos e bolos de aniversário e despertadores na segunda-feira de manhã.

E quero mais tempo livre. E mais abraços. E receber mais flores.
Pois é, ninguém está satisfeito. Ainda bem.
_________________________________

Não, não há nada de errado comigo. Não diria que é insatisfação.
Estou apenas passando por um período de grandes mudanças, e felizmente eles vêm acompanhados de muitos questionamentos.
E o que mais eu quero?
NUNCA PARAR DE QUESTIONAR.
PORQUE EU QUERO SEMPRE MAIS DE MIM.

27 de março de 2009

26 de março de 2009

EU ASSUMO.

Crise foi provocada por "brancos de olhos azuis", diz Lula

Laryssa Borges
Direto de Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a atacar nesta quinta-feira a especulação financeira, considerado fator que desencadeou a crise econômica mundial, e afirmou que as turbulências globais foram causadas por "pessoas brancas de olhos azuis", e não por populações pobres ou formadas por negros e índios.

Para ler a notícia na íntegra, clique AQUI.

Bom, pissouas, nunca falamos sobre esse tipo de assunto por aqui, mas me senti na obrigação de me declarar TOTALMENTE CULPADA, já que é o que afirma nosso ilustríssimo presidente.
Afinal ser loira de olhos azuis significa ser rica e poderosa. Tá, meu bem?
Sintam-se a vontade para tirar satisfações comigo, tá?

24 de março de 2009

FAZENDO A FESTA.

Uma grande amiga, do tipo que não se encontra fácil por aí, AMIGA MEEEEEESMO, fez aniversário recentemente. Então que ela resolveu comemorar com uma bela festança.
Descolou um espaço super bacana, tipo um galpão, e o desafio era deixar o espaço incrível.
A facilidade maior é que no espaço estão móveis do acervo da Herança Cultural. Portanto o mobiliário não era problema.
Mas de nada adianta ter um amontoado de objetos, certo?
E o resultado de muuuuuuito trabalho, durante uma tarde deliciosa e divertidíssima, eu mostro aqui.




















Depois de um dia de trabalho árduo, esse foi o resultado que conseguimos.
Eu adorei. E você?
Será que eu levo jeito pra coisa? Quem sabe um dia eu vivo disso?

20 de março de 2009

MAIS UM FIM DE SEMANA. UI.



Tá, tô amando muito tudo isso, curtindo mesmo esse lance de produzir o casório e tals.
Mas quando em todo-santo-final-de-semana você tem reuniões e mais reuniões, tem que bater perna o dia todo e zilhões de decisões pra tomar... Decisões, gente? Prefiro minha parte em Prosecco.
Tudo que você mais quer na vida é fazer nada. De preferência olhando pro mar.


Bom final de semana, galera!

18 de março de 2009

PATCHWORK CONTEMPORÂNEO.

Que eu sou apaixonada por Patchwork não é novidade. Ja falei sobre isso AQUI, e a tal poltrona está lá, esperando o momento certo para viver sua gloriosa transformação.
Mas agora eu tô aqui para elogiar o trabalho de uma pessoa queridíssima.
Ana Morelli é uma grande amiga, que não vejo há teeeeeeeempos, mas que merece todos os elogios do mundo. Porque além de ser queridíssima, ela tem um talento incrível, que reflete no seu trabalho.
Depois de trabalhar como figurinista em cinema e publicidade, ela se rendeu às cores e texturas, criando um novo conceito para o trabalho com retalhos: o Patchwork Contemporâneo.
Para saber mais sobre esse grande talento, visite o site, clicando AQUI.










E não, este não é um "post patrocinado". Mas faço questão de divulgar belos trabalhos de pessoas queridas....

16 de março de 2009

FALANDO A VERDADE.



Algumas pessoas tentaram descobrir minhas verdades e mentiras.
Fato é que passaram longe.
Então vamos lá, as resposta estão lá no post original. É só clicar AQUI que você vai direto pro post.
Pra facilitar a vida de quem vos escreve...
Então vai lá conferir minhas verdades e mentiras.

13 de março de 2009

AI, QUE FALTA DE ASSUNTO.

PORQUE PRA MIM DUAS SEXTAS-FEIRAS 13 SEGUIDAS É TOTAL FALTA DE ASSUNTO.



Tá booooooom, eu sei que quando tem sexta-feira 13 em fevereiro, e tendo fevereiro 28 dias, vai ter sexta-feira 13 de novo em março, e bla bla bla, whiskas sachet. Sou burrinha não, apesar de loura.
Mas que é falta de assunto, isso é. E ponto.

12 de março de 2009

PÁSCOA, TEMPO DE PECAR.

A Páscoa está chegando, e muitos já estão pensando no pecado da gula.
Sim, porque na maioria das vezes, falamos em Páscoa e lembramos automaticamente de chocolate. Tá bom, eu me rendo à tentação.
Mas vem cá, que tal um pouco de originalidade na hora de presentear aquela pissoua querida?
Para quem mora em Sampa, existe por aqui a Sweet Brazil Chocolates, que tem ovos de Páscoa SEN-SA-CIO-NAIS, entre outras delícias. São diferentes e extremamente criativos, além do chocolate ser do tipo incrível.
Dá uma olhada no site, que tem todos os produtos com preço. Barato não é, mas garanto que vale cada centavo. Ano passado dei o da primeira foto para maridon, e garanto que foi sucesso absoluto. Mas vou poupar você dos detalhes sórdidos.
Mas uma coisa eu digo: Se é para pecar, que seja em grande estilo.













Quanto às minhas verdades e mentiras, vou esperar mais palpiteiros se manifestarem. O que você está esperando pra dar seu palpite aqui, hein?

11 de março de 2009

VERDADE OU MENTIRA?



Faz um tempão que a Andrea do Blog'Arte me convidou para responder a esse Meme. E você tinha alguma dúvida de que eu demoraria séeeeeeeculos para fazê-lo?
Que bom que você já me conhece.
Mas será que conhece mesmo??????

Bom, o lance é o seguinte:

1- Devo contar 9 coisas sobre mim, sendo 6 verdades e 3 mentiras.
2- Repassar para 3 blogs.
3- Indicar, dentre esses, um blog para o desafio de descobrir quais minhas verdades e mentiras. Mas não vou indicar não. Quero que todo mundo tente descobrir.

Então lá vai:

1. Não como carne vermelha; - MENTIRA. Já fiquei algum tempo sem comer carne vermelha, mas fato é que não resisto a um bom churrasco...
2. Minha mãe é italiana; - MENTIRA. Mamis é filha de italiano.
3. Sou viciada em água. Tomo em média 4 a 5 litros por dia; - VERDADE. Sou praticamente uma "aguoólatra".
4. Treinei boxe por mais de 1 ano e meio; - VERDADE. Infelizmente parei há uns 6 meses, por uma série de motivos...
5. Já fiz cirurgia plástica; - VERDADE. Mas não preciso entrar em detalhes, vai...
6. Sou a mais velha de três irmãs; - MENTIRA. Tenho só uma irmã, queridíssima, e eu sou a caçula.
7. Não sei andar de bicicleta; - VERDADE. Tá, pode sacanear, tirar sarro, porque eu já superei o fato. Mas é um problema meu com equilíbrio...
8. Tenho medo de dormir no escuro; - VERDADE. Tenho pânico de acordar e não conseguir enxergar onde estou.
9. Demorei um tempão para escrever esse post porque odeio mentira. - VERDADE. Claro que as vezes somos obrigados a contar pequenas mentiras, mas fato é que eu acho isso uó. Não que eu não saiba mentir, mas me incomoda profundamente. Prefiro a verdade, por pior que ela seja.

Arrisque seu palpite!!!!

E eu repasso o Meme para Margaret , Ruby - Meu canto, minha prosa, e Claúdia - Adoro meu lar.

10 de março de 2009

BELEZA DE VERDADE.



Não é a toa que Audrey Hepburn para mim é a diva das divas.
Quando pediram que ela revelasse seus segredos de beleza, eis o que ela respondeu:



1. Para ter lábios atraentes, diga palavras doces.
2. Para ter olhos belos, procure ver o lado bom das pessoas.
3. Para ter um corpo esguio, divida sua comida com os famintos.
4. Para ter cabelos bonitos, deixe uma criança passar seus dedos por eles pelo menos uma vez por dia.



5. Para ter boa postura, caminhe com a certeza de que nunca andará sozinho.
6. Pessoas, muito mais que coisas, devem ser restauradas, revividas, resgatadas e redimidas; jamais jogue alguém fora.
7. Lembre-se que, se alguma vez precisar de uma mão amiga, você a encontrará no final do seu braço. Ao ficamos mais velhos, descobrimos porque temos duas mãos, uma para ajudar a nós mesmos, a outra para ajudar o próximo.



8. A beleza de uma mulher não está nas roupas que ela veste, nem no corpo que ela carrega, ou na forma como penteia o cabelo. A beleza de uma mulher deve ser vista nos seus olhos, porque esta é a porta para seu coração, o lugar onde o amor reside.
9. A beleza de uma mulher não está na expressão facial, mas a verdadeira beleza de uma mulher está refletida em sua alma. Está no carinho que ela amorosamente dá, na paixão que ela demonstra.
10. A beleza de uma mulher cresce com o passar dos anos.



Apesar de estar atrasada, fica aqui minha homenagem a todas as mulheres maravilhosas, Amélias ou não, que conhecem o verdadeiro significado da beleza.
E de presente, repasso esse lindo selinho que recebi da Lelê, do blog Uma Questão de Bom Gosto, para todas as mulheres de verdade que passam por aqui.


9 de março de 2009

UM CADINHO IRRITADA PRA POSTAR, MAS TÔ NA ÁREA.

5 de março de 2009

EU LÍQUIDA.

Sinto que estou derretendo.
E depois que eu me transformar em uma pocinha de suor, como fazer para juntar a Raquel líquida????????

Daí que eu só consigo pensar numa única coisa:





Com 1 km de extensão, esta é a maior piscina do mundo. Pertence ao resort San Afonso Del Mar, no Chile.
Com 80 mil m² e capacidade para 250 mil m³ de água, esta piscina garantiu o título de maior do mundo no Guiness Book. Para construí-la gastou-se cerca de US$ 1,5 bilhão. A manutenção anual, US$ 4 milhões.
ME LEVA PRA LÁ?

4 de março de 2009

DEVIDAMENTE PROTEGIDA.

Tá, já falei sobre isso aqui.
Mas fato é que aiiiiiiinda não tinha uma pimenteira em casa.
Agora tem.
Pimenteira, espada de são jorge, lírio da paz, comigo ninguém pode.
Isso mesmo, comigo ninguém p(h)ode.




Nem Vem Que Não Tem
Nem vem de garfo
Que hoje é dia de sopa
Esquenta o ferro
Passa a minha roupa
Eu nesse embalo
Vou botar prá quebrar
Sacudim, sacundá
Sacundim, gundim, gundá!...

Nem Vem Que Não Tem
Nem vem de escada
Que o incêndio é no porão
Tira o tamanco
Tem sinteco no chão
Eu nesse embalo
Vou botar prá quebrar
Sacudim, sacundá
Sacundim, gundim, gundá!...

"Nem vem que não tem."
Wilson Simonal



As fotos eu achei por aí, na net. Como boa tratante que sou, não fotografei nada do prometido ainda, mas qualquer hora vou fazer uma sessão de fotos lá em casa e colocar tudinho aqui.
Mais uma promessa... Jesuis me abana!

3 de março de 2009

MINHAS VERSÕES SOUTH PARK.

Passeando pelo blog da Tati, me deparei com esse site, onde você cria seu próprio South Park.
Como vocês podem ver, a pissoua aqui pirou.
Vontade de ficar brincando o dia inteiro.
É facinho, rápido, não precisa preencher cadastro nem nada dessas babozeiras.

Várias faces de um mesmo eu:

TOTAL BRIDEZILLA:



PISSOUA QUE TRABALHA:



CURTINDO UMA PRAIA:



MEIGA E INOCENTE PASSEANDO NO PARQUE:



NÃO MEXE COMIGO!



Vai , se joga, divirta-se e depois me mostra, tá?

2 de março de 2009

MOMENTO AMELIE.



Passada a ressaca e a leseira pós carnaval, sábado fui ao Mercado da Lapa.
A convite de uma grande amiga que precisava fazer compras para uma festa, lá fui eu me aventurar neste universo de cores, aromas e sabores.





Tá bom, não é como o Mercado Municipal, o famoso Mercadão, mas tipos, é do lado de casa.
E mesmo estando tão perto, não ia lá há anos.
Daí que eu me pergunto o porque de não frequentar esses lugares. Porque pissouas, não me venha com esse papo de que Pão de Açúcar é lugar de gente feliz, porque jurei pra mim mesma que não piso mais na loja do Pão de Açúcar da Cardoso de Almeida, que é pertinho de casa. Tamanho o descaso dos funcionários, e a falta de educação do povo. Agora pra mim, só Zaffari. Mas gentem, olha eu desviando do assunto. Há tempos quero falar sobre isso, mas fica pra outro post.

Voltando então para a Lapa.
Um bairro peculiar em São Paulo. Tem de um tudo, junto e misturado.
E o Mercado, que é de enlouquecer.
Tem estacionamento na porta. Baratinho.
Produtos lindos e frescos.
Me joguei no damasco, que custa mais de 40 moedas em qualquer mercado por aí, lá custa em média 18 REAIS O QUILO. Pára tudo, porque sou VICIADA em damasco.
E castanha, pistache, pêra seca, abacaxi, e o que mais sua imaginação permitir.





Agora, compras a parte, o auge do dia foi o momento Amelie Poulain.
Cada vez que a amiga ia conversar com o dono de alguma banca, lá ia eu enfiando a mão no saco de grãos....

Para quem não conhece, ou não assistiu ao filme, - PELOAMORDEDEUS PARA TUDO AGORA MESMO E VÁ ASSISTIR - Amelie vive em um mundo lúdico, onde transforma um dia-a-dia entediante em uma grande aventura. O filme nos mostra a maravilha dos pequenos prazeres. E o maior prazer de Amelie é enfiar a mão inteirinha num saco de grãos. Você já experimentou?